Vicariato Rainha da Paz celebrou o encerramento do Ano Vocacional em Brumado

Por Ana Paula Leite / PASCOM Brumado


Postado em 26/12/2019


Vicariato Rainha da Paz celebrou o encerramento do Ano Vocacional em Brumado

Foto: Zilmar Santana/PASCOM Brumado

No 4º domingo do Advento, últimos dias antes do Natal, a mensagem fundamental da Palavra de Deus gira à volta da definição da missão de Jesus: propor um projeto de salvação e libertação que leve os homens à descobrir a verdadeira felicidade.

O Evangelho sugere que esse projeto de Deus tem um rosto: Jesus de Nazaré, que veio ao encontro dos homens para apresentar aos prisioneiros e aos que jazem na escravidão uma proposta de vida e liberdade.

Na ocasião, o Vicariato Rainha da Paz, da Diocese de Caetité, composto pelas paróquias de Aracatu, Brumado, Caraíbas, Guajeru e Malhada de Pedras celebrou o encerramento do Ano Vocacional e da Cruz Missionária na Paróquia Bom Jesus, em Brumado-BA, onde estiveram presentes os padres das respectivas paróquias: Pe. Cleonídio Alves(Paróquia Bom Jesus – Brumado), Pe. Sandro Lima (Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida e São Cristóvão – Brumado), Pe. Paulo Ferreira(Paróquia São Pedro – Aracatu e Santo Antônio – Caraíbas), Pe. Edson Rocha (Paróquia Santa Rosa de Viterbo – Guajeru), Pe. José Afonso (Paróquia Bom Jesus – Malhada de Pedras) e Monsenhor Alex Adriano, que juntos num momento de fé e alegria, expressaram a gratidão a Deus pelos trabalhos missionários realizados nas paróquias citadas.

Como bem disse o Pe. Cleonídio em sua homilia: “Celebrar o encerramento do Ano Vocacional da nossa Diocese é a oportunidade de uma palavra sobre a vocação que cada um de nós, pelo batismo, nos tornamos missionários e assumimos a condição de continuarmos a missão do próprio Cristo”. O vigário ainda destacou que a liturgia do dia como uma “abertura” para a compreensão do Natal, do Deus que fará morada dentro de cada um de nós. 

Depois, a celebração seguiu seu roteiro litúrgico e depois houve uma apresentação musical realizada por jovens da Paróquia Bom Jesus de Malhada de Pedras. Por fim, toda a assembleia rendeu graças a Deus pelo momento de unidade, confraternização e reflexão.