Fiéis católicos encerram o ano de 2021 rendendo graças e louvores a Deus

Por Pascom/Brumado


Postado em 03/01/2022


Fiéis católicos encerram o ano de 2021 rendendo graças e louvores a Deus

Foto: Colaboradores da Pascom Brumado

No dia 31 de dezembro de 2021, os fiéis católicos aproveitaram para encerrar o ano louvando e agradecendo a Deus através da participação nas celebrações eucarísticas na Igreja Matriz do Senhor Bom Jesus e também na comunidade Santa Rita de Cássia, em Brumado-BA. Quem não pôde se fazer presente, teve a oportunidade de acompanhar através das redes sociais da Paróquia, no facebook e youtube. 

O dia contou com a seguinte programação: às 7h na Igreja Matriz do Bom Jesus, Missa de fim de ano (7º dia na oitava de Natal); às 18h, Missa na Comunidade Santa Rita de Cássia e às 20h, também na Igreja matriz do Bom Jesus, a solenidade de Santa Maria Mãe de Deus. As missas foram presididas pelo pároco padre Cleonidio Alves. A das 20h, foi concelebrada pelo padre Anderson Oliveira.

Padre Cleonidio iniciou a Santa Missa saudando a todos presentes e lembrando que a celebração das 20h é a última do ano e também a primeira de 2022, pois é a solenidade de Santa Maria Mãe de Deus, dia mundial da paz.

O roteiro litúrgico contou com as leituras do livro dos Números, 6, 22-27, Salmo 66, 2ª Leitura Gálatas 4, 4-7 e Evangelho de São Lucas, 2, 16-21. 

Em sua homilia,  o pároco padre Cleonidio recordou que com essa celebração encerramos o ano de 2021 e iniciamos o de 2022. Segundo ele, não é que as coisas mudem da noite para o dia, mas estamos agradecendo a Deus, porque apesar dos muitos acontecimentos, estamos todos aqui, vivos, e isso é motivo de gratidão a Deus e queremos iniciar um ano na perspectiva de superar os desafios que temos pela frente. Aproveitou o momento para entrar em comunhão com todas as famílias que foram atingidas pelas enchentes nas mais diversas cidades da Bahia, norte de Minas e Tocantins, pedindo a Deus forças para retomar a caminhada e seguir em frente, pois Deus está conosco.

Lembrou que, assim como a nossa vida, a liturgia do dia é bastante diversificada e contempla três temáticas: a primeira leitura retrata quando Deus pede a Moisés para abençoar o povo. A bênção não é aquilo que cai do céu, ela é para quem pede e acredita e entra em sintonia com o próprio Deus e deixa que a vida seja conduzida por Ele, por isso Deus nos abençoa sempre e a benção Dele é sinal da sua presença constante na nossa caminhada e vida. 

Já na segunda leitura, Paulo, de maneira enérgica, exorta que a salvação não vem das leis como pregavam os Judeus cristãos, mas depende de Cristo, pois foi Ele quem Deus enviou para salvar a humanidade inteira. 

O essencial para a salvação é Cristo e necessitamos caminhar ao longo desse ano tendo em mente que Ele é o centro da nossa vida e fé. 

A terceira temática é sobre Santa Maria, Mãe de Deus, do verbo encarnado, a palavra se tornou carne, do próprio Deus que quis ficar no meio de nós, por isso prestamos todo o culto, alegria e gratidão pela presença constante da Mãe de Deus no meio de nós, na sua simplicidade e na sua maneira de ver as coisas. Maria é aquela que se tornou mãe da humanidade por amor ao seu filho.  

Finalizou a homilia desejando que o ano de 2022 possa abrir caminhos novos e novos horizontes. Depois a celebração seguiu o seu roteiro litúrgico. Ao final, foi lida uma mensagem de agradecimento pelos 26 anos de ordenação sacerdotal do nosso pároco, Padre Cleonidio.

Ao término, o pároco padre Cleonidio agradeceu a todas as pessoas que participaram da celebração e a todos contribuíram para que a solenidade acontecesse, rogando a Deus que esse ano seja melhor para todos nós, para que possamos ir em frente com a Sua graça e proteção.